Siga-nos

Entre em contato +55 11 3197-0320

 

Gamificação: Você precisa, mas ainda não sabe!

LoySci > Gamificação e engajamento  > Gamificação: Você precisa, mas ainda não sabe!

Gamificação: Você precisa, mas ainda não sabe!

Independente do setor em que uma empresa está inserida, engajamento e motivação (de clientes e equipes) são fatores fundamentais para resultados positivos.

Para as companhias, integrar a Gamificação ao seu Planejamento de Marketing significa fomentar um vínculo de lealdade e conquistar maiores níveis de engajamento.

De acordo com a empresa de consultoria americana Gartner, até o fim de 2015, pelo menos 50% das empresas que lidam com processos de inovação já estavam usando alguma forma de Gamification.

As organizações que utilizam a estratégia compreendem que o investimento em lealdade aumenta e melhora a relação entre cliente e marca, enriquece o conhecimento da empresa sobre o cliente, para estratégias cada vez mais assertivas – o que reflete positivamente na aderência a marca.

O termo Gamification foi utilizado pela primeira vez em 2003 pelo programador britânico Nick Pelling, mas só ganhou popularidade em 2010, quando começou a atrair interesse por empresas como a Badgeville, que começou a usá-lo para descrever suas plataformas de comportamento. O uso de elementos de jogos para fazer com que alguém se engaje em uma tarefa é bem mais antiga do que o próprio conceito de Gamification.

A estratégia de Gamification possui uma determinada estrutura, que a torna capaz de provocar sentimentos muito intensos e estimulantes Os objetivos estabelecidos aumentam o foco e a concentração. A pontuação é o retorno imediato ao progresso, tornando-se um estímulo ao seu esforço. E as recompensas são a mola propulsora, a grande motivação.

A Gamificação não está relacionada apenas a entretenimento, pois também é uma ferramenta de aprendizagem com muito potencial, que usa a linguagem da tecnologia a seu favor. Com essa aposta, é possível despertar o interesse, a participação e estimular a resolução de problemas de forma rápida e praticando o poder de decisão.

  • Através dela é possível transformar métodos de estudo, conquistar novas habilidades no trabalho e organizar sob uma nova perspectiva as rotinas, tarefas e desafios do dia a dia;
  • Tornar uma experiência de compra única/mais interessante;
  • Estimular a competição saudável;
  • Premiar imediatamente;
  • Trabalhar com feedbacks (positivos e negativos), diretamente atrelados às ações e decisões tomadas;
  • Traz a percepção de evolução;
  • Promover a superação;
  • Incentivar o compartilhamento e a colaboração entre os indivíduos.